Tyger

Muito bom o curta de Guilherme Marcondes, vencedor de mais de 20 prêmios internacionais, incluindo dois no festival de Clermont-Ferrand na França e o Prêmio dos Diretores no Anima Mundi.

A obra intriga, carregado de simbologia, mistério e… imagens sub-conscientes.

Todo gravado em São Paulo, o tigre ‘assustante’ passa por diversos lugares que podem ser rapidamente identificados.

Anúncios

Filminhos que a gente QUER ver.

Estes são alguns filmes que a gente tá louco pra ver. Dos  4 abaixo, apenas Curling já passou por aqui, no festival de filmes francofonicos no CCBB e tem possibilidade de voltar em cartaz oficialmente. Os outros, SÓ DEUS SABE. (Mentira, ele tbm tá em dúvida)

Não posso falar nada ainda, pois ainda não os vi. Então isso aqui trata apenas de um “Share” de desejos (#sensual).

Infelizmente não encontrei nenhum trailer legendado =/

Pina – Parace ser foda! Encanta só no trailer, que poderia ser um curta, inclusive.

O estranho, filme meio Alemão, meio turco. Tem cara de fazer a gente ter AVC de tanto chorar.

Finalmente um filme Thailandês que me atrai, parece ser bem bonitinho e me deu bastante vontade de assistir, mas né? Se eu não recorrer a pirataria, acho que posso ficar esperando…tipo, anos.

E diretamente de Qébec city… Curling!

Certeza que é um daqueles que faz o espectador megulhar no personagem.

#rezemos

Arcade e o Top 5.

A falta de tempo e a preguiça estão me dominando, assim como A Bolha dominava suas vítimas na sessão da tarde.

Mas vamos ver se consigo postar aqui algo que servirá pra alguma coisa ainda.

Vamos direto, então, as novidade já não tão novas…

Bem, ao menos as que eu lembro.

Arcade Fire  reproduziu recentemente no festival cinematográfico de Berlin seu tão esperado curta-metragem e agora oficalmente lançará no South by Southwest, no Texas.

Inspirado no “The Suburbs”, ultimo disco da banda que  – inclusiiiiiive – será re-lançado com duas faixas inéditas, o filme conta com Sam Dillon, Zoe Graham, Zeke Jarmon, Paul Pluymen e Ashlin Williamson no elenco.

 Scenes From the Suburbs , curta-metragem do Arcade Fire com direção de Spike Jonze, será exibido no Festival de Berlim

A direção ficou para Spike Jonze que já produziu graaandes nomes como Yeah yeah yes, Sonic Youth, Daft Punk, Björk e já concorreu oscars e globo de ouro como melhor diretor de filmes)

O trailer do curta já circula na “rede mundial de computadores” e vc pode conferir aqui, olha só que bom!

Como podem rapidamente perceber, o narrador é o própiro Win Butler, vocalista do Arcade e a história é se resume em uma época onde o amor, o desejo e a amizade ainda significam tudo.

Bemmmmm a carinha do Arcade Fire ❤

TOP 5 do Seje Menas

Adele – Rumor has it

Arctic Monkeys – Don’t sit down cuz i’ve moved your chair

Noah and the whale – LIFEGOESON

Arcade Fire – Ready to start

The Drums – Forever and ever, amem


De tudo um pouco!

Vc que anda trabalhando hardimente e não tem tempo mais de ver seu reader, rlx!

Saiba que não perdeu muita coisa, mas tudo que vc precisa saber está aqui!

GOOGLE + ARTE

Bem, uma das coisas mais marcantes que vimos, foi o anúncio do Google falando do uso da tecnologia Street View para disponibilizar aos usuários as principais galerias do mundo. Sim, vc pode agora ver algumas galerias já ‘postadas’ da sua casa! Chupa Paris!

Mas, na real, não vou me estender muito no assunto, afinal ainda não há nenhum tipo de arte que nos interessa muito, ainda.

Mas vale a visita ao Google Art Project pela curiosidade.

WAYNE WHITE

Um artista que vem chamando bastante minha atenção é esse americano, que se inspira no cinema para a maioria de suas obras.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Mas White é rodadinho já, coitado. É designer, marionetista, já foi ilustrador de títulos grandes como NY Times, ganhou Emmys como designer de programas de TV, billboard e VMAs como D.A. de video clipes como, por exemplo:

 

 

Enfim , é o cara!

STROKES

E falando nisso, vamos de música?

Olha que bom! A gente gostou bastante da ensaiada solo de Julian Casablancas, mas chega né?

Strokes voltou, seus puto!

(Pra quem tinha esperanças de um Happy Ending entre Fabrizio & Amarantes, pode começar a chorar!)

Se quer ouvir a faixa nova dos caras é só apertar o play!

 

 

Agora a pergunta que já está nos TT’s do twitter (mentira) é: QUAL BALADA SERÁ A PRIMEIRA A TOCAR ESSACOISALINDADAVIDA?

Eu estou apostando no Alley, aqui em São Paulo. Mais especificamente na festa que rola as sextas a Pic Nic. A festa é comandada pela tchutchuca Mari Leoni. E, atualmente, na nossa opinião, a melhor festa da cidade!

Preço bom (até meia noite for free com o cupom do site #ficasuperadica), música boa e gente bonita! Quero mais o que?

#merchan

E para encerrar este post lindo e gigante…

COPIE CONFORME

Ou, em português: A cópia fiel!

Mais um filme com a talentosíssima francesa Juliette Binoche.

Aliás, premiada em Cannes como melhor atriz pela atuação neste filme.

O filme entra em cartaz em breve nos cinemas brasileiros, mas os apressadinhos que já assistiram de outras maneiras [DIGA NÃO A PIRATARIA, \O/] garantem: VALE VER CENTENAS DE VEZES.

O filme inspira, conspira e no final, te deixa com uma grande dúvida.

A dúvida do que é e não é real.

Acredite, não é spoilerismo é a proposta do filme que vc sentirá durante todo o tempo.

O cenário é brilhante, a cidade de Toscana, Itália. A fotografia não é das melhores, o que deixa o realismo mais exposto e atuação de Binoche, realmente, é merecedora de qualquer prêmio. Impressionante. Vejam!

 

 

Um filme a parte é a novela da vida dos diretores iranianos que, as usual, andam sendo reprimidos em seu país. É o caso de Abbas Kiarostami, diretor de Copie Conforme que foi preso após gravar o filme. Foda.

Outra dica, é o maravilhoso BIUTIFUL

Vc pode sair com a cara inchada do filme de tanto chorar, vc pode ficar depressivo durante uma semana e achar que nada na vida vale a pena, mas se vc assistir Biutiful e ENTENDER a proposta, vc será um ser humano melhor no dia seguinte.

 

 

Se serve como incentivo, vc sai do cinema achando Javier Bardem o melhor ator que já existiu! Juro que – coincidentemente – ele tbm ganhou como melhor ator 2010 em Cannes.

Let her, Mood Collection.

Queria ter postado isso aqui há um tempinho, mas agora consegui \o/

Realizado pelo francês Paul Mignot em meio a uma série de 4 curtas que juntos formam o – maravilhoso – projeto “Mood Colletion”

Vale a pena procurar os outros 3 filmes (Crisis, Reflection et South African). Todos são excepcionais e únicos.

Lords Of Dogtwon Brazuca?

Taí o trailer de “Vida Sobre Rodas”, que conta a história do skate no Brasil dos anos 80 pra cá.