Skullboards

A Ultra Serie Skates Store abriu uma loja nova, e pra divulgar os novos endereços o designer Beto Janz pegou shapes velhos e quebrados e transformou eles em… crânios.

.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ta mas e ai ne?

E ai que ele adesivou o verso dos cranios com stickers com a marca e o endereço novo e espalhou tudo pela rua, perto de lugares onde a galera anda de skate em Curitiba. E quem acha pode ficar com o flyer/obra de arte.

É guerrilha, é underground, é bem street mesmo. Genial.

Anúncios

Pneus poéticos.

Um pouco gay demais, mas interessante a idéia do designer Iraniano Hamed Kohan. A criação foi feita para o “Seoul cycle design 2010” concurso promovido pelo portal ‘Designboom‘.

Procrastination (oi?)

Eu achei esse vídeo mto legal! Eles conseguiram ilustrar em pouquissimo tempo a Procrastinação Crônica! haha

Procrastinar é o ato de adiar alguma ação e obviamente que, como qualquer coisa, em exagero pode fazer mto mal. Inclusive indicar deficiência mental e/ou fisiológica #ficaadica

O vídeo foi feito pelos australianos Nathan Drabsch e Chris Edser do The DMC Initiative em colaboração com Mark Brandis do Ism Studios para o projeto Sound-Design.

Twitter de Cara Nova

Ao longo das próximas semanas, o twitter estará implementando sua nova interface. Já viu como é?

A gente achou bem bacana, e vocês?

Migração & Intervenção

Migrantas é um projeto que visa expor os sentimentos e dúvidas de indivíduos que saíram de seus países para viverem em outro. Usando espaços públicos urbanos como plataforma, pictogramas retratam a experiência da adaptação e do diálogo intercultural que a inserção de pessoas com um background completamente diferente num meio exigem. Retratam também a identidade dos membros do colectivo, mulheres em sua maioria, que hoje vivem na Alemanha.
O processo é o seguinte: o Migrantas faz workshops em locais como centros comunitários ou grupos culturais, e as pessoas trocam suas experiências e se expressam através de desenhos o mais simples possíveis. Depois, os temas e elementos que mais se repetem nesses desenhos são transformados em pictogramas – uma linguagem que é acessível a todos, e através da qual qualquer um pode se reconhecer.
Esses pictogramas são então expostos, para que os participantes vejam o resultado de seu trabalho e visitantes se aproximem mais da experiência da imigração.
Por fim, os pictogramas são espalhados pela cidade, na forma de lambe-lambes, flyers, postais e até sacolas de compra.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A dica foi do Érico Amorim, via twitter.

Intervenções Nostálgicas

Algumas frases, embora muito bem intencionadas, tiveram seu significado diluído pela repetição constante e quase automática, tornando-se mais barulho do que sentimento. Digo, frases como “tenha um bom dia”, “você está bonita”, até (principalmente, talvez) “eu te amo”. A transformação dessas combinações de palavras em clichés fez com que parássemos de percebê-las.
A ideia de Scott Albrecht, um artista e designer do Brooklyn formado pelo Art Institute da Philadelphia, é isolar essas frases e recuperar a percepção que temos delas, como se as ouvíssemos pela primeira vez.
Seu maior projeto até o momento é o MIXTAPE PROJECT, um experimento com stickers cuja participação coletiva foi altamente incentivada, transformando-se em algo global e comentado por diversos blogs e revistas como a Noize.
Scott cria nos mais diversos formatos: desenho, pintura, madeira… E sua característica mais marcante é justamente utilizar a cor e a tipografia de forma a desenvolver uma estética clean e moderna, mas com apelo retro.
E bom, nada mais retro e nostálgico que mixtapes. E, pelo menos na minha visão, nada mais apropriado para a proposta de recuperar o sentido das frases. Afinal, montar uma mixtape demandava muito mais esforço e dedicação do que gravar um cd.
Veja alguns dos stickers abaixo

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para conhecer mais do trabalho de Scott, visite seu site e seu Flickr

Um Pseudo Toy

Pois é…

Já vimos muitos cartões de visitas com papeis diferentes, formatos inovadores, mas olha que tesão essa nova proposta da Tam.

Simples e… divertido!