Olha, dependendo do ponto de vista…

Olha que engraçado.

Sabe quando a gente não tem – absolutafuckingmente -nada pra fazer e começa a tirar fotos de perspectiva? Segurando a luasegurando o amigo e outras coisas idiotas

Bom, o fato é que, algumas pessoas, começaram a levar a ‘parada’ a sério.

A brincadeira tomou proporções grandes e, ao poucos, começou a ficar divertida.

Claro que alguém tinha que ganhar dinheiro com isso, certo? Certo!

O trabalho abaixo é um projeto desenvolvido pela ZMIK, um estúdio de design suiço para a agencia ‘Iart Interactive’ uma agência de design digital também situada na Suiça. 

As paredes foram pintadas nas cores da agência com um perfeito efeito de perspectiva que permite uma ilusão de ótica dependendo de onde o observador esteja, afim de faze-lo imaginar através das paredes.

Muito legal, hein? #trends

Anúncios

Enquanto uns, outros!

É incrível como alguns pilares são extremamente importantes quando se quer atingir o sucesso.

Muitas vezes, quando falamos de música, não necessáriamente você precisa saber cantar ou ter boas letras, sabia? Pois é…

Claaaaaaaaaaaaaro que não é o caso de Plastiscines. As queridinhas francesas que, parar muitos, já era passado “It’s so 2008…” zuh zuh zuh!!

Voi lá! Mais lindas, mais ousadas, Cooler, mais….Bitches! Resultado? Hit!

E olha que interessante… Quem lembra como essas divas do underground inciaram a banda? Quando conheceram Louise Basilien, no show dos Libertines em Paris e agora que elas estão bombando, a gente pergunta: Por onde anda Pete Doherty que a gente gostava tanto? Rehab, again?

Então, não, sabia? Ele voltouuuuuuuuu!!!!

É… digo, na verdade, não sei se considero isso uma vooooolltaa, assim, sei lá.

Bom, o que vocês acham?

Foi segunda-feira passada. Dia 8 de março. Na inauguração de uma Joseph em Paris.

Ele fez um showzinho com várias músicas dos Libertines #s2 e algumas outras para alguns fashionistas que tinham acabado de sair do PFW.

Olha a animação do pessoal

E essas bailarinas tentando animar a platéia?

Well, eu como bom amante de Libertines, fiquei com muita dó de ver isso aí.

Mas com o púbico desse pocket, consegui aprender uma coisa:

 

Quemmmm, mas queeeeeeeemmm dissse que dedinho levantado era brega? #trendsfeeling

B-ja!